3 de jun de 2013

Prefeito Haddad compara cristãos com homossexuais durante a Parada Gay

O prefeito petista chegou a dizer que o evento “honra” a cidade de São Paulo



O prefeito da cidade de São Paulo, Fernando Haddad (PT), comparou cristãos com homossexuais durante a coletiva de imprensa da 17ª Parada do Orgulho Gay que aconteceu neste domingo (2 de junho) na capital paulista.
Ao falar que o evento “honra” a cidade, Haddad disse que assim como os homossexuais defendem seus direitos hoje, os cristãos já tiveram que defender os seus um dia.
“Os cristãos já tiveram que defender os seus direitos. Os judeus, as mulheres, os negros e todas as minorias políticas já tiveram que despertar o desejo por mais liberdade e menos intolerância”, falou o petista.
Para o prefeito o evento tem como objetivo defender os direitos civis dos homossexuais, direito este que nossos antepassados já tiveram que defender um dia. “Muitas vezes eu não consigo compreender a contradição em que muitos se envolvem ao não perceber o quanto defender a diversidade é defender uma luta que os nossos antepassados defenderam”.
Ao falar sobre homofobia, o prefeito criticou o discurso de religiosos, dizendo que eles caem em contradição. “Não nos esqueçamos, ao contrário, nos lembremos que aqueles que hoje têm um comportamento homofóbico, um dia, já tiveram que lutar pela sua liberdade”, disse.

Casa da Benção São Mateus

Author & Editor

Has laoreet percipitur ad. Vide interesset in mei, no his legimus verterem. Et nostrum imperdiet appellantur usu, mnesarchum referrentur id vim.

Popular Posts