16 de jul de 2012

A Colisão de Deus com o Pecado


Meditações de Oswald Chambers
“Carregando ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados” (1 Ped.2.24)


















A cruz de Jesus é a manifestação do juízo de Deus sobre o pecado. Não podemos tolerar jamais a idéia de martírio associada à cruz de Jesus Cristo. A cruz foi um sublime triunfo, que fez os fundamentos do inferno serem abalados. Não há nada mais certo, no tempo ou na eternidade, do que o que Jesus Cristo fez na Sua cruz: dum momento para outro ele recolocou toda a raça humana às portas dum relacionamento concreto com Deus. Ele fez da redenção a base da vida humana – abriu o caminho para que todo filho de homem pudesse entrar facilmente numa comunhão sadia com Deus.

A cruz não foi um acaso para Jesus: ele veio propositadamente para passar por ela. Ele é o “Cordeiro que foi morto, desde a fundação do mundo” (Ap 13:80). Todo o sentido da encarnação está pregado na cruz. Cuidemos para não separar o Deus da carne do Filho, o qual “se manifestou em carne e se fez pecado por nós” (1Tm 3:16; 2 Co 5:21).

A encarnação tinha como finalidade a redenção. Deus fez-se homem e carne com o propósito de eliminar o pecado de vez; não com o propósito de se auto-realizar. A cruz é o centro do tempo e da eternidade, a resposta para os enigmas de ambos.

A cruz não é a cruz dum homem, mas a cruz de Deus e a cruz de Deus nunca poderá ser entendida por uma simples experiência humana. A cruz é Deus a demonstrar a Sua natureza, o portal através do qual qualquer indivíduo da raça humana pode entrar para uma união de fato com Deus. Podemos chegar à cruz, mas não poderemos transpô-la; nela vivemos a vida para a qual a cruz é também o acesso.

O ponto fulcral da salvação é a cruz de Jesus e a razão por que é tão fácil obter a salvação explica-se no alto preço que ela custou a Deus. A cruz é o ponto onde Deus e o pecador colidem e o caminho para a vida se abre – mas a colisão dá-se no coração do homem e foi absorvida pelo coração de Deus.


Diego j@pa

Casa da Benção São Mateus

Author & Editor

Has laoreet percipitur ad. Vide interesset in mei, no his legimus verterem. Et nostrum imperdiet appellantur usu, mnesarchum referrentur id vim.

Popular Posts